Moinhos

O blog moinho, um coletivo formado por cientistas, médicos e advogados, tem em seu cerne a transformação das ideias. Seja convertendo lembranças das praias do Ceará em poesia, seja transformando conversas de boteco em artigos e podcasts. Nosso objetivo é moer e remoer fatos, ideias, mitos e conceitos para clarear nossas próprias cabeças e, quem sabe, iluminar as casas Brasil a fora como fazem os moinhos cearenses.

Foto por Narcisa Aciko em Pexels.com

Atrás das infinitas dunas amarelas se revelam as plantações de cataventos gigantes. Esses moinhos modernos se erguem feito seres mitológicos despertando dum sono milenar. Suas pás colossais buscam ávidas o vento forte e fresco que sopra do oeste e, de longe, o que se vê é um orquestrado baile de hélices rodopiando debaixo do céu azul e sem nuvens. O produto dessa dança é a energia que alimenta não só o coração dos poetas, mas também as casas das pessoas que aqui vivem frente a esse mar esverdeado e sob a sombra das palmeiras.

O blog moinho, um coletivo formado por cientistas, médicos e professores, tem em seu cerne a transformação das ideias. Seja convertendo lembranças das praias do Ceará em poesia, seja transformando conversas de boteco em artigos e podcasts. Nosso objetivo é moer e remoer fatos, ideias, mitos e conceitos para clarear nossas próprias cabeças e, quem sabe, iluminar as casas Brasil a fora como fazem os moinhos cearenses.

Embora a iniciativa tenha surgido da vontade de cada membro de se tornar uma pessoa melhor e melhor informada, reconhecemos a existência do monstro do negacionismo à solta lá fora. Nossos dragões não são moinhos de vento e contra eles nossa única arma é o poder transformador das ideias.

Seja bem-vindo!

Equipe moinho.

Autor: Rodrigo Ribeiro

Rodrigo pensa que é poeta, escritor e fotógrafo, porém a única profissão que a sociedade reconheceu mesmo foi a de matemático, curiosamente a que ele menos lutou para seguir. Atualmente é Visiting Assistant Professor na Universidade do Colorado Boulder, mas também gostaria de ser um travesseiro bem macio, que é pra não quebrar com as pancadas da vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s